A Origem (2010)

poster

novo comentário

Para submeter um comentário faça login ou registe-se

comentários RSS

5.0/5Frederico Daniel Frederico Daniel 7 de Janeiro de 2014 às 21:29

Este filme é uma obra-prima visual e sonora...

5.0/5lucas lucas 16 de Julho de 2013 às 21:30

Posso descrever este filme com uma única palavra, incrível. Inception tem um óptimo elenco, um argumento original e claro um realizador fantástico. Christopher Nolan nunca desilude. É sem duvida o melhor realizador actualmente. Ver este filme no cinema é uma experiência única.

5.0/5Diogo Pinheiro Diogo Pinheiro 23 de Janeiro de 2013 às 03:35

Acabo de o ver e, no mínimo, estou extasiado. Que obra prima. Não se trata apenas duma história original, bem contada e com um excelente elenco. A juntar a isto há todo um conjunto de conceitos e percepções que nos deixam o cérebro completamente desperto e com vontade de o discutir horas e horas sem fim. Sem dúvida, um dos filmes mais excitantes que vi nos últimos tempos!

5.0/5Sandro Ribeiro Sandro Ribeiro 31 de Janeiro de 2012 às 19:08

Absolutamente fantástico! 5*

5.0/5Mario Santos Mario Santos 10 de Janeiro de 2012 às 00:29


Depois de ver o filme e de passar muito tempo a pensar sobre ele, dirigi-me ao cinema.ptgate não só para ver o que os utilizadores tinham achado do filme mas também que conclusões teriam tirado após a visualização. Fiquei um pouco surpreendido com alguns comentários, em particular com os da "Liliana", que já me tinha apercebido ser uma comentadora assídua neste portal e cujas opiniões tinha verificado irem diversas vezes de encontro com as minhas. Parece-me que o principal motivo pelo qual ela não tenha disfrutado plenamente o filme tenha sido o facto de ter questionado a premissa do filme e verificar que esta não esteja completamente de acordo com a sua própria opinião. Ora, na minha opinião, que não passa disso mesmo, este é um filme muito bem conseguido, não só pelo entretenimento que me ofereceu durante o tempo que "perdi" a vê-lo mas também porque me proporcionou boas conversas sobre o seu enredo. Numa indústria tão saturada de remakes, sequelas e adaptações gostei muito que se tivesse arriscado num filme tão original. Voltando à Liliana, que questionou o facto de ser um filme sobre sonhos, mas que estes sonhos eram demasiado realistas, vou-lhe deixar uma das várias "interpretações" do enredo que me vieram à cabeça depois do filme e aviso que quem ainda não tenha visto o filme que não continue a ler, pois poderei estragar um pouco a história.

E se todo o filme não passa disso mesmo, de um sonho? E se Cobb não é apenas um vulgar arquiteto num avião, a regressar a casa para junto dos seus filhos depois da morte recente da sua esposa, que sonha com os restantes passageiros, e de como é um fantástico espião, envolvido em inúmeras tramas, possuindo a fantástica capacidade de invadir os sonhos e a mente das outras pessoas?
Não será deste ponto de vista todo o seu sonho um tanto ao quanto irrealista?

3.5/5monica monica 22 de Novembro de 2011 às 16:02

esta muito fixe. dificil de compreender , puxa muito pelo cerebro , é preciso estar muito atento

4.5/5Tiaguh21 Tiaguh21 12 de Novembro de 2011 às 18:20

Melhor filme de 2010.

Bruno Bruno 24 de Junho de 2011 às 14:44

Grande Filme

5*****

5.0/5Vasco Jesus Vasco Jesus 22 de Maio de 2011 às 21:29

Simplesmente ESPÉTACULAR

Diogo Silva Diogo Silva 22 de Março de 2011 às 11:39

É a ficção no seu auge. Quem não entender o enredo complexo desta longa metragem vai perguntar o que retirou da experiência, mas apesar de tudo vai achá-lo extremamente divertido e de encher o olho. Quem perceber...vai fazer o mesmo!

4.0/5Liliana Rabuja Liliana Rabuja 15 de Março de 2011 às 10:40

Vai uma pessoa ao cinema gastar dinheiro e o tratamento que recebe são 2 horas e meia de cenas filmadas por um cameraman em possível estado hipotérmico, vista a instabilidade da filmagem; 4 mil falas de diálogo expositivo, como se estivéssemos a ouvir a leitura do manual de instruções do aspirador lá de casa; e uma narrativa tão entediante, que chuta para canto qualquer tipo de ansiolítico.

A vantagem da temática do sonho é que se usa a desculpa do inconsciente freudiano, para filmar meia dúzia de baboseiras sem sentido, que os pseudo-intelectuais consideram obras-prima(tas).

Nolan, qual ovelha tresmalhada, quis tentar uma abordagem diferente: tornar o filme muito, muuuuito aborrecido. Na verdade, foi um golpe de génio! É tudo tão aborrecido que os espectadores ficam na dúvida se toda aquela experiência foi real ou apenas um sonho!

Não era isso que se esperava?

Bah.

5.0/5Maria Inês Maria Inês 10 de Março de 2011 às 13:02

Lindo, lindo! Para mim, talvez o melhor filme dos que têm saído ultimamente, apesar de andar muito de mãos dadas com "Black Swan" e "Discurso do Rei". Inception tem uma banda sonora fantástica, um elenco de fazer inveja, uma história inesperada, para não falar do lado técnico que deixa lágrimas nos olhos...uma história comovente que fala de uma das coisas que menos conhecemos, o mundo do subconsciente e dos sonhos, de uma forma extremamente original. Sinceramente, fui vê-lo quase por acidente e não me arrependo nada! Muito aconselhado!

5.0/5KxDystroy KxDystroy 3 de Março de 2011 às 02:33

Filme super desvalorizado. E no então, no fim foram 4.
Foram os merecidos e ficaram de fora os que merecia mesmo.

2.0/5lordoftherings lordoftherings 13 de Fevereiro de 2011 às 21:53

Este sim, filme altamente sobrevalorizado. Muito longe de merecer sequer nomeações para Oscar.
Tal como diz a Liliana o filme chega a ser entediante!

2.0/5Liliana Liliana 1 de Fevereiro de 2011 às 03:01

Mas em relação às representações dos sonhos que têm sido feitas em filmes, tenho de concordar com o Marco... realmente este filme foge á regra do que é mais habitual. Ou seja, segundo esse ponto de vista, a versão dos "sonhos confundíveis com a realidade" tem de facto uma certa originalidade. Não nego isso. Mas continuo a achar que é uma perspectiva simples, limitada e muito rígida dos sonhos e do funcionamento da mente humana. Mas esse até nem foi o principal motivo pelo qual não gostei do filme. Sinceramente, não gostei porque não me despertou interesse, inclusive, pouco me interessava o que iria acontecer às personagens.... e não despertou em mim qualquer tipo de emoção. Só senti... tédio. :)

5.0/5Hollywood Ending Hollywood Ending 1 de Fevereiro de 2011 às 02:44

Este tema dos sonhos obviamente que não traz nada de novo mas a meu ver está muito bem explorado. Tem um elenco muito bom e a banda sonora é fantástica, outra coisa não seria de esperar do Hans Zimmer.

Marco Marco 1 de Fevereiro de 2011 às 01:24

Nem eu sou do saco das "massas" nem quero entrar em discussões sobre pseudo-inteligência ou bater no velho "se não gostou é pq não percebeu", mas gostaria de dizer porque discordo da Liliana, nomeadamente no realismo (ou falta dele) dos sonhos aqui retratados.

Dando "de barato" que o filme não é perfeito, os sonhos serem retratados de forma tão real parece-me absolutamente lógico. Nolan quis, a meu ver, retratar precisamente os sonhos que nos parecem absolutamente reais, tão reais que só depois de acordar conseguimos perceber quão incongruentes eram alguns pormenores.

Não estamos já também "cansados" de ver sonhos em ambientes surreais, psicadélicos, cheios de loucura ou outras variantes noutros filmes? Não nos podemos esquecer que estes são sonhos arquitectados...

Resumindo, partindo da história que se queria contar, e sim, fazendo aqui e ali alguma "suspension of disbelief", não consigo deixar de achar que há aqui genialidade.

2.0/5Liliana Liliana 1 de Fevereiro de 2011 às 00:33

Mas por falar em opiniões de outras pessoas, lembro-me que li algures uma crítica... que realmente achei genial! haha Estava escrita em inglês, mas traduzindo seria algo do género:
"Não entendo o que tantas pessoas vêem no filme!? É como se alguém tivesse entrado nas suas mentes enquanto dormiam e plantado a ideia de que Inception é uma obra prima visionária! É mesmo isso... O filme é uma metáfora do poder de um "hype" delirante ? uma metáfora de si mesmo."

2.0/5Liliana Liliana 28 de Janeiro de 2011 às 13:44

Peço desculpa mas tenho de manifestar novamente a minha opinião... lol!

Sr. KxDystroy, penso que ficou bem claro o que o Sr. Lord of the Rings (risos) queria dizer... por essa ordem de ideias, o facto deste filme estar no top 10 do imdb com essa margem de votação também só pode significar uma coisa ... apenas que essa é a opinião da maioria, ou seja isso só confirma que este é um filme para as "massas", e não passa de uma moda. Claro que é apreciado por muitos, principalmente quando cada vez mais pessoas seguem as "modas" sem qualquer espírito critico. Não quero com isto dizer que todos aqueles que gostaram do filme são meras "ovelhas" que se deixam levar pelo espírito de rebanho haha... mas quando me deparo com "fenómenos" destes é essa a minha sensação, confesso (peço desculpa pela sinceridade lol).

Quanto ao facto dos outros filmes do Senhor Nolan estarem acima da média... não comento pois considero isso muito relativo, o filme que mais gostei deste senhor (esse sim acima da média, na minha opinião) foi Memento... uma obra prima, muito original.

5.0/5KxDystroy KxDystroy 28 de Janeiro de 2011 às 00:54

Sr. Lord of the Rings se a saída do pessoal a meio do cinema quer dizer algo! Então o facto de Inception estar no top 10 do imdb.com com aproximadamente 300000 votos também quer dizer algo.
Outro facto é todos os filmes do senhor Christopher Nolan estarem todos acima da média dos bons filmes. Também quer dizer algo.

Mas não é de estranhar vindo da academia de oscars, tomemos o caso de David Fincher em que duas das grande obras do cinema tem a sua realização, falo de "Seven" e "Figth Club" como é óbvio, não recebeu o Oscar e tudo indica (eu acho que não) que ira receber o Oscar pelo filme "The Social Network", que apesar de estar bem feito e de se ver do inicio ao fim, não passa de uma história mal contada, ou seja, uma adaptação mal feita. Mas no entanto, está nomeado para melhor argumento!!! Vamos lá saber....

Para Mi, os grandes filmes do ano Passado é sem duvida "Inception" e "The Figther".

2.0/5Lord of the Rings Lord of the Rings 27 de Janeiro de 2011 às 01:29

Vou colocar outro comentário devido à sua nomeação para o oscar de melhor filme.

Na minha opinião, houve muita "publicidade" ao filme.
É um filme original e isso ninguém lhe tira o mérito, mas também o achei bastante secante em muitas das partes do filme.
Como li em algum comentário, vi pessoal no cinema a sair a meio do filme. Penso que isto quer dizer algo.

Penso que perdeu o titulo de filme do ano com a NÃO nomeação de "Christopher Nolan".
Está fora da corrida.

4.5/5Paulo Correia Paulo Correia 23 de Janeiro de 2011 às 22:11

Achei o filme muito bom, com uma historia interessante, mantem um ritmo constante até ao fim. vale bem a pena!!

2.0/5Liliana Liliana 23 de Janeiro de 2011 às 15:31

Só quero dizer mais uma coisa... o filme até pode ser um bom entretenimento para a maioria das pessoas, nesse aspecto sim foi concebido de forma inteligente, tecnicamente é um bom filme, e Nolan tem realmente talento para criar enredos complexos, isso sim não vou negar.

Mas onde ele realmente falha é na forma como interpreta a natureza humana. Para ele o subconsciente está tão organizado como um vídeo-jogo, o que implica um fraco entendimento dos sonhos e do subconsciente. Por comparação, as representações dos sonhos e do subconsciente, feitas por David Lynch, por exemplo, são muito mais autênticas. Mesmo em relação ao conceito de "realidade", o filme nunca traz nada de novo e nem sequer o consegue explorar tanto como o Matrix (que é já um tema de discussão em algumas aulas de filosofia). Nolan utiliza várias vezes conceitos como "paradoxo" etc, mas no contexto soam apenas como palavras decorativas , provavelmente para tentar preencher o filme com propósito e significado... filme postiço, na minha opinião. Penso agora já ter justificado ( e até demais lol), o "porquê" de não ter gostado deste filme. :)

2.0/5Liliana Liliana 23 de Janeiro de 2011 às 13:29

Não, não me esqueci disso. Quando disse que os sonhos estão organizados e controlados, está implícito que esse controlo é feito pelo "arquitecto", ou seja o arquitecto nada mais é do que um sistema de controlo. Este é um conceito que já foi usado... por exemplo no Matrix, em que a realidade simulada é dificilmente distinguida da "verdadeira" realidade.

Uma das cenas supostamente emocionantes deste filme consiste numa personagem a ser perseguida por vários tipos com armas automáticas... numa montanha com neve!! ? Qual a lógica disso? Este pode ser um filme sobre sonhos, mas não há nada de emocionante nos sonhos, nada de evocativo. E mais... Nolan não consegue transmitir bem as ideias apenas com as imagens visuais, então tem de usar palavras... montes delas, para explicar o que as personagens estão a fazer lol! Montes de diálogos explicativos... acompanhados por alta música Zimmer e visuais excelentes, mas há pouca profundidade... cada cena é tão grande, tão trabalhada... diria mesmo "insuflada"... e emocionalmente pobre. Um filme que quer parecer tão inteligente, para mim não passou de um ímpio emaranhado. Foi um verdadeiro tédio assistir a este filme, confesso. :)

5.0/5KxDystroy KxDystroy 22 de Janeiro de 2011 às 21:50

Cara Liliana tem toda a razão em tudo que escrevestes, contudo esqueceste de uma parte importe:
?O arquitecto desenha o mundo dos sonhos. Nós trazemos o sujeito até ao sonho, e ele preenche-o com o seu subconsciente.? ? Enxerto do filme.

Como a Liliana diz o filme não é complicado. A mente humana sim é complicada, por esse facto estamos aqui a discutir opiniões.
E é sempre bom!

2.0/5Liliana Liliana 22 de Janeiro de 2011 às 14:12

Ou seja, simplificando... como os sonhos são basicamente informação desorganizada, é precisamente o facto de estarem aqui demasiado "organizados" e "controlados", que tira a credibilidade deste filme. Dizem que é um filme complicado? lol! Não é. A mente humana não é assim tão simples... é muito mais complicada que isto :)

2.0/5Liliana Liliana 22 de Janeiro de 2011 às 13:54

Caro KxDystroy

Sim, é fácil dizer "gostei" ou "não gostei"... Mas será que é mesmo difícil dizer porquê? Não necessariamente. Até porque as pessoas não são obrigadas a justificar porque gostam ou não.

Afirmei que os sonhos são demasiado reais? Sim e volto a afirmar. É verdade que sonhamos com a realidade que nos rodeia, concordo, mas uma das principais características dos sonhos é que são uma manifestação do nosso inconsciente, por isso são na maior parte das vezes caracterizados por informação desorganizada, muitas vezes sem sentido. Os sonhos são sim maioritariamente simbólicos e difíceis de compreender? todos sonhos que se confundem totalmente com a realidade, como é sugerido neste filme, não são a regra, mas a excepção. Na minha opinião, essa é uma visão muito rígida e limitada da mente humana, diria mesmo pretensiosa, pouco inteligente e pouco criativa.

Alex Alex 19 de Janeiro de 2011 às 20:18

Como respeito todas as opiniões, respeitem a minha:
Foi uma grande desilusão para mim, esperava muito mais.
Não interessa se foi interpretado por X ou realizado por Y: não gostei. 2*

5.0/5KxDystroy KxDystroy 18 de Janeiro de 2011 às 22:48

É fácil dizer "não gostei", é fácil dizer "gostei" difícil é dizer "porque"?.
Eu gostei, melhor, adorei. Argumento original e sólido, realização ao estilo Nolan (perfeita) cenários nada a dizer, banda sonora ao mesmo nível, cenas de acção simples mas bem conseguidas. A complexidade das cenas, a busca dos pormenores escondidos como se estivéssemos na busca de um tesouro? Enfim eu adorei como já disse. Contudo, a salientar: ?Os sonhos são demasiados reais? acho que ninguém sonha que é um pássaro a bater as asas, ou tem cauda ou que é um robot com armas até aos dentes. Nós só sonhamos com a realidade que nos rodeia. "O filme só tinha tiros e perseguições" Vimos diferentes filmes.

Um Filme sobre sonhos que nos deixa a sensação de sonho, contudo cada espectador fica livre de dizer "ainda está a sonhar" ou "é a realidade" pela forma que está construído ambas são válidas.
Se não conseguem ver isso?.

A minha nota é sete estrelas como não é possível, Dez estrelas.

2.0/5Liliana Liliana 12 de Janeiro de 2011 às 00:47

Caro ff, devo dizer que essa teoria de que "quem não gostou, não percebeu o filme" é realmente genial ! * sarcasmo *
Peço desculpa por não estar incluída no maravilhoso grupo de pessoas extremamente inteligentes, dotadas de uma capacidade de raciocino extraordinária que lhes permitiu perceber o filme lol!, grupo esse sim... em que te auto-incluíste! Lamento a minha "falta de percebas", mas realmente nem todos nós podemos ser génios não é verdade? haha

4.5/5Luis Carvalho Luis Carvalho 2 de Janeiro de 2011 às 09:12

Grande filme.

2.0/5jorgecouto jorgecouto 2 de Janeiro de 2011 às 02:32

Até me admirava ainda não terem vindo chamar burros ao que dizem que não gostaram do filme!! Não é esta porcaria que é mais complicada de perceber que os filmes do Lynch e eu gosto dos do Lynch e não gostei nada deste, por isso, garanto-te que percebi o filme mas achei uma autêntica porcaria, POSSO??? Quer dizer que pela tua ordem de ideias, quem percebeu o filme adora-o e quem não percebeu não gosta? Não existe a opção de ter percebido e não ter gostado?? Reafirmo,

4.5/5ff ff 28 de Dezembro de 2010 às 23:00

costumo concordar com os comentários da liliana. Really?? Só posso tirar uma conclusão. As pessoas que perceberam o filme, adoraram, consideraram obra prima. As que nao perceberam, acharam horrivel e sobrevalorizados.

2.0/5jorgecouto jorgecouto 28 de Dezembro de 2010 às 04:22

Estou de acordo com a liliana... O alarido eu sei de onde vem, é do elenco de luxo e pelo nome do realizador, porque pelo filme não deve ser de certeza... Não consegui perceber o que tem o filme de excepcional, pelo contrário, achei-o fraco. Gostei muito mais do Shutter Island, por ex. E como disse alguem por ai nos comentários, é para mim também o pior filme que vi com o leonardo di caprio...O filme não tinha alma, só tiros e perseguições, achei o objectivo daquilo tudo muito fracote. 2 estrelas.

4.0/5João Xará João Xará 2 de Dezembro de 2010 às 00:47

Eu não entendo o porquê destas criticas todas. Filme bastante bom! 4*

1.0/5luiscmg25 luiscmg25 23 de Novembro de 2010 às 05:17

sem duvida o pior filme do di caprio k vi, detestei vi 40m do filme n consegui ver mais n tinha paciencia nota 1 mediocre

5.0/5samuel samuel 9 de Novembro de 2010 às 20:29

não compreendo como é que algumas pessoas possam achar este filme sobrevalorizado eu acho que o filme está bastante bom em vários aspectos...tem algumas falhas nomeadamente no argumento, pois torna-se confuso a maneira de como eles acedem aos sonhos...
tratando-se este um filme de ficção cientifica acho que está bem realizado e é um filme a não perder pelos apreciadores do género.
5*

2.0/5Liliana Liliana 9 de Novembro de 2010 às 15:26

Não entendo a constante sobrevalorização dos filmes realizados por este senhor. 9 no imdb? Como é possível? Um filme banal... elevado ao estatuto de obra-prima! Não é tão complexo nem sequer prima tanto pela originalidade como tenta parecer. É uma descarada reutilização de conceitos já explorados em filmes como o MATRIX ou Eternal Sunshine of the Spotless Mind... a diferença é que estes pelo menos tinham coerência. E mais, o mundo dos sonhos é demasiado real... e é precisamente esse realismo que lhe tira parte da credibilidade. Os sonhos primam pela imaginação, pelo surrealismo. Este não passa de um aborrecido filme de acção (onde não faltam tiros e perseguições banalíssimas) sob o disfarce de filme inteligente. Complicado talvez, mas inteligente? Por favor...

Medíocre. 2*

5.0/5Miguel I. Miguel I. 7 de Novembro de 2010 às 02:52

Christopher Nolan vem demonstrar a razão pela qual é um dos melhores realizadores da actualidade. Um filme inovador, brilhantemente pensado e interpretado por um elenco de luxo. Uma verdeira obra-prima do cinema e um dos melhores filmes da década. Sem dúvida, o melhor trabalho do realizador. Um fortíssimo candidato aos óscares. 5*

5.0/5Mariana Mariana 2 de Novembro de 2010 às 04:06

Muito bom! 5*

5.0/5Vaantidus Vaantidus 1 de Novembro de 2010 às 00:40

Filme extraordinário!!!

Confuso, mas do melhor, 5*

3.5/5Lifeisgood Lifeisgood 1 de Novembro de 2010 às 00:24

Diziam maravilhas do filme e a par de alguns users tb nao entendo tanto alarido. O filme nao deixa de ser interessante mas dai a ser muito bom ou obra prima quanto muito andam demasiado emotivos. lol
O filme tem momentos curiosos e uma boa ficcao mas tem muitas falhas em muitos aspectos. Acho que deveria estar melhor construido. Vejo este filme como uma primeira tentativa de fazer algo inovador mas nao passou disso mesmo. Fime vale a pena para se ver mas nao para deixar na bibliteca de memorias.

5.0/5_BrEkAs_ _BrEkAs_ 12 de Outubro de 2010 às 16:07

Brilhante em tudo!

2.0/5IWC IWC 4 de Outubro de 2010 às 16:32

Exercicio inutíl. Extremamente longo.
Uma desilusão depois do Dark Knight.2/5

2.0/5Rui Afonso Rui Afonso 13 de Setembro de 2010 às 18:41

Não percebo o porquê de tanto ruído à volta do filme. Só se fôr porque escasseiam filmes de ficção-cientifica. Só o aconselho a quem adorou a saga Matrix (o qual preferi, de longe a este) porém, este é muito mais denso. Arghhh...

5.0/5Valverde Valverde 9 de Setembro de 2010 às 13:07

É importante perceber que Christopher Nolan inicia um filme onde o espectador têm de partir com certos dados como adquiridos. A partir do momento em que o faz e se consciencializa dos mesmos, todo o desenvolvimento é um esquema brilhante, extremamente bem escrito e de visual deslumbrante, com um elenco vincado num trabalho sério e qualitativamente pioneiro até desaguar num final esquematizado, mas com um toque provocativo para mentes que gostam de teorizar. No entanto, no meio da ideia de Nolan, está um trabalho psicológico que é o ponto mais alto do filme, pois a mensagem do realizador é um paradigma consciente do escape á realidade. Obra-prima absoluta!

5.0/5Cinewebmagazine Cinewebmagazine 6 de Setembro de 2010 às 20:41

Uma obra-prima! Um dos grandes filmes desta década! Vale mesmo a pena ver, desde a complexidade do argumento, ao efeitos especiais, à categoria da representação dos actores... É um filme que supera todas as barreiras. 5* muito bem merecidas, um filme longo que vale cada precioso minuto que passa. Christopher Nolan retratou os sonhos como nunca ninguém o tinha feito, de uma maneira soberba e muito bem pensada.

Inês A. Inês A. 6 de Setembro de 2010 às 20:05

Adorei este filme! Apesar de ser um pouco longo, prendeu sempre a minha atenção, uma vez que toda a trama está muito bem articulada. Tenho que o rever pois há demasiados pormenores que não são captados à primeira. Superou bastante as minhas expectativas iniciais!

ReDsOuL ReDsOuL 18 de Agosto de 2010 às 13:54

Muito bom, adorei :D

4.5/5TarinaCarvalho TarinaCarvalho 8 de Agosto de 2010 às 22:00

Filme muito bom.
4/5

3.0/5André Filipe Moreira Santos André Filipe Moreira Santos 7 de Agosto de 2010 às 17:46

Esperava mais deste filme... o que mais me desiludiu foi a falta de imaginação nos sonhos que nos são apresentados.
É um filme longo (que poderia perfeitamente ser mais curto, há lá muita coisa pelo meio que é desnecessária) e também é um filme complexo com um final para várias interpretações, aqui vai a minha:

***SPOILERS***

Com aquele final em que verificamos que o peão está rodando, dá-me a entender que a "realidade" em que vivemos não passa de um sonho, esta hipótese era defendida pela mulher de Cobb que no mundo real se suicidou por acreditar que essa "realidade" era apenas um sonho e assim acordar para a verdadeira "realidade".

3*

4.5/5ff ff 6 de Agosto de 2010 às 21:58

a lurdes nao gosto mt porque adormeceu

5.0/5Gualter Gualter 4 de Agosto de 2010 às 23:35

Christopher Nolan voltou a acertar em cheio tanto nos gostos dos criticos de cinemas,como nos nossos gostos cinefilos.
Inception mantem-nos agarrados à trama, mesmo que por vezes nos custe a perceber o que se passa, mas que nos leva a pensar durante todo o filme.
5 estrelas

4.0/5Paulo Cavaleiro Paulo Cavaleiro 31 de Julho de 2010 às 00:18

“We create the world of a dream. We bring a subject into that dream and they fill it with their secrets.”

Bom, complexo, mas longo.
Melhores do ano.
não criem demasiada expectativa

5.0/5Cansado Cansado 26 de Julho de 2010 às 23:21

Inception é uma obra fantastica na realizaçao e construçao narrativa de Christopher Nolan, que mais uma vez está de parabens não so por revelar ser o melhor realizador desta ultima decada como da actualidade. Acção de topo envolvido com um argumento extremamente complexo que poes nos sempre a pensar e a advinhar durante o filme todo. Inception faz esquecer filmes como Matrix. Os actores na generalidade estiveram optimos para o trablho exigido sem tirar nem por.
5*

3.0/5jonas jonas 25 de Julho de 2010 às 17:01

longo,xato e sem chama..otra desilusão e vindo de Nolan que tem filmes q aprecio bastante ainda mais desiludido fiquei..ve-se 3*

2.0/5Lord of the Rings Lord of the Rings 25 de Julho de 2010 às 03:06

Fui ver o filme hoje.

O que posso dizer?
Original? sim é bastante original

Mas achei o filme bastante longo, com algumas, poucas, partes mortas que, para mim, colocou o filme um pouco aborrecido.

Fui pela espetativa do publico em geral, mas saí um pouco desiludido.

4.0/5Jose Rosa Jose Rosa 24 de Julho de 2010 às 16:12

Um filme que nos prende desde o princípio... Um filme que nunca "escamba" para a vulgaridade e a ser visto por quem gosta de um bom filme de suspense!...

4.5/5Nekas Nekas 22 de Julho de 2010 às 18:03

Já vi. Muito bem realizado e estruturado, enfim, tudo a que Nolan nos habituou.

4.5/5rocha_rm rocha_rm 19 de Julho de 2010 às 12:36

Este filme promete